Gestão financeira da clínica: para não perder nenhum centavo

Geralmente, a conversa nunca é delicada quando o assunto é dinheiro, não é mesmo? Mas não tem como fugir, afinal, toda clínica precisa ser financeiramente sustentável. E é por isso que realizar uma boa gestão financeira é importante e faz toda a diferença.

Cumprir essa tarefa é um desafio para muitos gestores que atuam na área da saúde. Seja porque suas origens remetem à área médica ou porque, de fato, gerenciar as finanças de um empreendimento seja algo que exige disciplina, organização e atenção extra.

Em qualquer caso, a verdade é que, além de necessária para garantir a estabilidade financeira, uma gestão correta evita que a clínica passe por qualquer transtorno relativo aos pagamentos e recebimentos e, ainda, abre espaço para o seu crescimento e sucesso. Continue a leitura e saiba como conquistar tudo isso!

Para não perder nenhum centavo: fatores cruciais para a estabilidade financeira

Não gastar mais do que recebe ou é capaz de gerar. De forma bem simples, essa é a receita para a estabilidade financeira de uma clínica médica. Porém, simples não quer dizer fácil de fazer e é bastante comum que você tenha dificuldades na realização da gestão financeira. Também, pudera. A tarefa requer atenção redobrada.

Em muitas das vezes, os erros que impedem o fechamento do caixa e levam a horas de estresse, revisão de documentos e repetição de cálculos estão relacionados aos pequenos detalhes.

Isso acontece porque a tendência é dar atenção aos valores mais altos e se esquecer de acompanhar e contabilizar os gastos pequenos que, em um primeiro momento, podem parecer pouco significativos.

É bem provável que você, ao gerenciar as finanças do seu negócio, já tenha perdido horas conferindo a folha salarial, os contracheques e recibos a fim de detectar um erro que, no fim das contas, foi causado por uma despesa aparentemente tão boba que você nem ao menos se lembrou de contabilizar.

Por outro lado, quem já se habitou a discriminar todos os gastos, possui mais facilidade para fazer a conta fechar e evitar esse tipo de situação. E, mais do que isso, tem melhores condições de encontrar possibilidades de redução de custos e para uma gestão de estoque mais inteligente. Aqui, incluímos desde o grampo usado para unir documentos até a reposição de equipamentos.

É preciso ter bastante cuidado com o recebimento de contas para não deixar de cumprir com os compromissos financeiros e tampouco deixar de ganhar com os serviços ou sofrer com atrasos que se tornem um entrave à estabilidade.

Mas, mais do que acompanhar esse fluxo de caixa, uma boa gestão financeira deve ser capaz de indicar caminhos para gerar economia ou novos lucros. E, sem dúvida, fazer tudo isso “na ponta do lápis” é desafiador e burocrático.

Nem mesmo as tradicionais planilhas de Excel conseguem tornar a tarefa fácil o bastante para alcançar os resultados necessários e satisfatórios. Por isso, é interessante buscar o apoio de ferramentas tecnológicas mais adequadas.

Mantendo o financeiro em dia com o uso de um software de gestão

Num breve apanhado daquilo que diz respeito às finanças de uma clínica médica, é possível apontar fatores como contas a pagar e a receber, rateio médico, gerenciamento de glosas, controle estoque e pequenos gastos.

Tudo (absolutamente tudo) precisa ser registrado e acompanhando para a realização da gestão financeira do negócio.

O volume de transações e valores, assim como sua frequência, faz com que nem a calculadora e nem as tradicionais planilhas de Excel deem conta de reduzir a dor de cabeça de quem tem a tarefa de fazer todos esses lançamentos e cálculos.

É necessário obter resultados precisos para evitar que dívidas sejam geradas, que os pagamentos sejam atrasados, que haja erro no rateio ou que faltem materiais essenciais à rotina da clínica.

Além disso, é importante obter resultados precisos para se certificar de que os ganhos também estão condizentes. Seja pelos serviços prestados aos pacientes ou a outras instituições, uma clínica também precisa gerenciar os valores que tem a receber. Afinal, nada garante que quem está do outro lado faça uma gestão eficiente e esteja sempre em dia com seus compromissos!

E, para dar conta de tudo isso, a solução mais adequada é contar com um software de gestão médico. Por meio dele — uma ferramenta que automatiza processos — se torna mais fácil fazer o lançamento, a conferência e a análise de todos esses dados.

Especialmente desenvolvido para atender às demandas financeiras e administrativas de uma clínica médica, o software é intuitivo e te ajuda a ter atenção ao fornecimento de informações importantes para as operações financeiras.

Além disso, seu sistema atualiza os dados em tempo real, apontando falhas oriundas de lançamentos não feitos ou inadequados e, consequentemente, levando a resultados certeiros e seguros.

Orçar, faturar, atender e crescer: a gestão financeira como aliada da lucratividade e sucesso

Certamente, manter o equilíbrio entre ganhos e dividendos é fundamental para alcançar a estabilidade. Mas, a gestão financeira pode e deve ir além do fechamento do caixa.

O software de gestão facilita o acompanhamento de métricas e a realização de uma análise mais crítica dos dados financeiros. Ao longo do processo, se torna perceptível a necessidade de orçar sempre, buscar acordos comerciais mais interessantes e desenvolver medidas para melhorar o atendimento e os resultados da clínica.

Esses fatores — que visam reduzir ou otimizar gastos — são os que fazem com a sua clínica médica não perca nenhum centavo e, mais do que isso, encontre meios de lucrar e crescer mais.

Afinal, prestar um atendimento de qualidade é essencial para o sucesso de negócio. Mas nenhuma medida nesse sentido pode se sustentar sem que haja uma situação financeira favorável. E o inverso é, também, uma verdade: não é possível ganhar mais sem atender bem.

Gostou do post? Então não deixe de ler sobre planejamento financeiro e saber como colocar (e manter) a sua clínica nos trilhos!

Rafael Américo

Rafael Américo

Rafael trabalha com Inbound Marketing na Vitta, produzindo conteúdos voltados para a geração e nutrição de leads. Jornalista, se especializou em economia, negócios e empreendedorismo. Ama cinema, aprender idiomas e conhecer novas estratégias de comunicação. Quer ajudar a Vitta a mudar a saúde do Brasil! #somostodosvittanos

2 Comentários

  • Pedro P. Okuhara
    17 de novembro

    Gosto muito de conteúdos com dicas para organizar o financeiro. Continuem com matérias sobre isso.

    • Rafael Américo
      17 de novembro

      Olá, Pedro. Obrigado pela sugestão! O financeiro é um aspecto primordial na gestão de clínicas. Vamos continuar produzindo posts a respeito. Continue nos acompanhando.

Deixe o seu comentário