Antes de você começar a ler um pouco sobre nossa cultura, gostaria que você entendesse que não somos só uma empresa ou um time.
Não somos uma causa. Nem uma missão.

Nós somos a materialização de um sonho constantemente acordado dos empreendedores que trabalham aqui. Em 2014 éramos 2, depois 4,5,6,7. Em 2015 fomos para 12, depois 13, 14, 15, 16. Em 2016, atingimos dezenas: 20, 30, 40 Vittanos. E acordamos para 2017 com fome. Muita fome. Tudo o que fizemos até aqui foi fruto de intenso trabalho, raça, disciplina e extrema resiliência. E o motivo de todo esse esforço…? Aqui a gente acorda de manhã para levar a vida das pessoas mais longe. Para explicar: desde o início do ano, médicos de todo o Brasil atenderam mais de 1 milhão de pacientes através das nossas tecnologias.

Talvez você pense que essa é apenas mais uma empresa que você vai conhecer na vida. Nos desculpe. Mas essa não. Essa é a empresa cujo Time está dando a vida por você. Em 2017, nosso barco já atingiu a marca de 65 marinheiros. Espero que esse texto o ajude a encontrar seu remo.

Texto de João, Lucas e todo o time de Vittanos para você:

Vittanos são aqueles inconformados. Aqueles que não se satisfazem com o bom e estão sempre atrás o ótimo. Eles são guerreiros por natureza, não aceitam um “não” como resposta e vão em busca do que acreditam. Eles lutam. Lutam por seus ideais e querem construir coisas das quais se orgulham. Querem deixar um legado. Foi assim desde o começo, quando Lucas e João Gabriel começaram a vender o primeiro produto Vitta em Uberlândia, MG. Eles não tinham dinheiro suficiente, experiência suficiente ou conhecimento técnico suficiente. Mas tinham propósito, obstinação e muita garra. Juntos, venderam o primeiro produto Vitta para 150 médicos, e, antes mesmo de começar a rodar a empresa, já estavam em break-even.

Não estavam em break-even pois tinham grande receita, mas porque sabiam o valor do dinheiro e cortavam todos os custos possíveis. Pergunte a um Vittano antigo e ele lhe dirá: nós não tínhamos nem lixeira no escritório durante os primeiros 6 meses. Usávamos o lixo do corredor do prédio porque acreditávamos que, naquele momento, aqueles R$40 teriam melhor uso se investíssemos em nossos clientes. Além de guerreiros, Vittanos seguem um propósito. Eles trabalham com o que acreditam e querem deixar sua marca no mundo. Foram aqueles que não mais aceitaram seus trabalhos comuns, fazendo coisas sem propósito ou sem alinhamento com o que acreditam. Eles se juntaram em torno de um grande propósito e juntos remam um barco que cresce a cada dia.

Lutando pelo seu propósito, desembarcaram em São Paulo em Junho de 2015 para abrir seu segundo escritório. Sem saber se conseguiriam ganhar espaço em um mercado muito mais competitivo, decidiram tomar risco e montar um programa de estágio de férias para fazer a expansão. Em 3 semanas, 15 jovens estagiários, sem nenhuma experiência com vendas, provaram ter sangue Azul e dobraram o número de clientes da companhia. Com esse episódio, pudemos ser aceitos na 1ª aceleradora de startups de saúde do Brasil e fazer nosso 1º round de investimento. Com o aporte, foi possível construir nosso primeiro grande produto: o Vitta Gestão. Meritocracia? Dos 15 estagiários, 1 se tornou sócio. Com 12 meses da abertura de São Paulo o time teve grandes motivos para comemorar: com apenas 6 meses de mercado, acumulamos mais de 1000 clientes, espalhados por 14 estados brasileiros.

Ser Vittano, em essência, é estar conectado à um time que joga junto, com um objetivo comum e com grande apetite para o crescimento. Com esse foco e disciplina, entregamos resultados consistentes e o mercado percebeu que chegamos para mudar o jogo. A companhia então, com 1 ano em São Paulo, levantou seu 2º round de investimento. Dessa vez: 10x mais capital para entregar 10x mais resultados.

Hoje completamos quase dois anos de São Paulo, e é bonito olhar para trás e ver o que fizemos por aqui. Antes de abrir a operação, fomos conhecer grande parte de nossos concorrentes. Acabamos por gostar de um player em especial: fora o primeiro sistema de gestão na nuvem do Brasil e acumulava um forte produto com um belíssimo time. Conquistou grandes clientes como o Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital do Coração (HCor) e outros grandes clientes.

Após um ano e meio de namoro, o esforço sobre-humano de todos os #Vittanos foi mais uma vez materializado. No dia 20/09/2016 compramos a Katu Sistemas e o ClinicWeb, maior plataforma de prontuários eletrônicos na nuvem do Brasil.

Ainda falta muito para realizarmos nosso Sonho: Ser a Melhor e Maior empresa de Tecnologia em Saúde do Brasil. E só faremos isso se encontrarmos novos #Vittanos. Por isso, escrevemos esse texto: compartilhamos o que em essência somos, pois acreditamos que você pode ser um de nós. Então se acredita no que falamos nesse texto e está disposto a participar de uma Jornada incrível… Tem uma Família de Guerreiros aqui esperando por você.