O que muda com a implementação de um sistema de gestão para clínicas?

Entra e sai de pacientes, gestão de equipe, fluxo de caixa. Treinamento do time, a competição no mercado, peculiaridades de cada plano de saúde conveniado. Esses são alguns dos muitos desafios diários de qualquer empreendedor da saúde que administra e gerencia uma clínica médica.

De fato, não é fácil lidar com tantas responsabilidades e pressões em sua rotina. Enquanto sua clínica cresce e o número de pacientes aumenta, fica praticamente impossível realizar sua gestão no papel. E você provavelmente já chegou a conclusão que não é mais viável continuar com essa estratégia.

Assim, passou a procurar ferramentas no mercado que atendam às necessidades do seu negócio. Mas, o mercado conta com tantas opções, não é mesmo? Qual a que realmente pode auxiliar todas as atividades do seu empreendimento de ponta a ponta?

Antes de escolher um sistema de gestão para clínicas, é preciso entender a real importância do serviço, o papel do mesmo no dia a dia do seu negócio e como garantir o sucesso da utilização desse recurso. Assim, desenvolvemos um material com o intuito de te ajudar a escolher a opção que vai te levar a produzir mais em menos tempo, enquanto oferece um atendimento de excelência à seus clientes, fidelizando-os. 

Eu realmente preciso de um?

Antes de tudo, você precisa fazer um exercício e identificar a real necessidade da contratação de um sistema de gestão para clínicas. Se seu empreendimento já ganhou certa representatividade, possui um número considerável de médicos e conta com um fluxo de pacientes atraente, fica óbvio que é essencial investir em um software do tipo.

Se você deseja aumentar seu faturamento e reduzir custos, a utilização de um desses recursos também se mostra fundamental. Isso porque os sistemas otimizam e facilitam uma série de processos, que te auxiliam a reduzir glosas, agilizar o atendimento na recepção e tornam a gestão do seu financeiro verdadeiramente prática e inteligente.

Também é importante se lembrar que vivemos na era digital. E, como um aspecto primordial para a atuação e performance de clínicas diz respeito à reputação, você não quer ser visto como ultrapassado. E é exatamente isso que seus pacientes vão pensar do seu negócio, se procedimentos arcaicos ainda forem realizados.

Por isso, nada mais de administração no papel!

Decidi contratar um sistema de gestão para clínicas. E agora?

A fim de tomar uma decisão realmente acertada, você provavelmente realizou algumas buscas na Internet e falou com alguns colegas. Entretanto, saiu bastante confuso. Afinal, pudera. Um de seus amigos faz uso de um sistema simples, mais barato e com suporte praticamente inexistente. O outro conta com uma ferramenta extremamente robusta e confusa, mas administra e gerencia a atuação de apenas cinco médicos.

Como escolher o que faz mais sentido ao seu empreendimento? De que forma encontrar aquele que não te deixará na mão e realmente impactará a rotina do seu negócio? De que maneira facilitar o administrativo, clínico e financeiro de sua clínica?

Obviamente, essa decisão é de extrema importância. Você sabe o valor do dinheiro e, assim, não pretende desperdiçá-lo contratando a primeira opção que surgir em seu caminho. De que maneira posso descobrir a real maturidade da empresa por trás do software?

Existem algumas estratégias que vão te levar a tomar a melhor decisão na contração de um sistema de gestão para clínicas!

Entenda seu negócio

Qual o tamanho do seu empreendimento? Quantos colaboradores atuam em sua clínica? Como você se vê profissionalmente daqui a dois anos? O que é mais importante: flexibilizar sua rotina, reter os melhores talentos ou aumentar seu faturamento?

Respondendo essas perguntas, você consegue realizar uma busca mais estruturada e, obviamente, realmente efetiva.

Antes da contratação, pergunte!

Cada sistema de gestão para clínicas conta com prós e contras, e identificá-los pode ser o fator primordial a fim de escolher o que faz mais sentido ao seu empreendimento!

Ao realizar uma demonstração com alguma das empresas responsáveis pelos softwares, não tenha medo de perguntar. Você precisa entender a real aplicação de cada recurso oferecido em seu negócio. É importante não sair com nenhuma dúvida.

Outro ponto importante é analisar o suporte dessas empresas. Leve em conta que esse relacionamento deve ser extremamente próximo e sua experiência como cliente deve ser priorizada. Às vezes, investir na opção mais barata pode te fazer perder no futuro.

Grandes benefícios

Quando você aposta em um sistema de gestão para clínicas, passa a ter acesso a uma agenda totalmente otimizada, que facilita o trabalho da recepção de seu empreendimento, que deixa de ficar horas ao telefone confirmando e remarcando consultas.

As consultas também passam a ser mais ágeis, já que as informações sobre os pacientes são acessadas em poucos cliques. Assim, o médico pode oferecer aquele atendimento olho no olho e humanizado que com certeza ficará marcado na memória de sua base de clientes!

Todo processo financeiro também é facilitado, extinguindo todos os erros manuais. Isso diminui consideravelmente o número de glosas em seu empreendimento, além de facilitar outras atividades como fluxo de caixa e controle de estoque.

Software médico: uma escolha inteligente

Ao colocar um ponto final na gestão em papel, você segue em direção a um crescimento verdadeiramente sustentável do seu empreendimento.

Com um software médico, todos os seus processos operacionais se tornam automatizados, o que permite que você e sua equipe se dediquem a atividades realmente estratégicas.

Seu time ganha tempo hábil para oferecer um atendimento de excelência. Seus pacientes se tornam fidelizados, por conta dos processos melhorados. E você consegue se dedicar à uma gestão realmente qualificada.

Como você pôde observar, muito muda com a implementação de um sistema de gestão para clínicas! Processos ficam mais ágeis e o atendimento passa a ser realmente qualificado. Deixe seu comentário e continue lendo nosso blog para conferir mais dicas sobre administração e gestão médica.

Rafael Américo

Rafael Américo

Rafael trabalha com Inbound Marketing na Vitta, produzindo conteúdos voltados para a geração e nutrição de leads. Jornalista, se especializou em economia, negócios e empreendedorismo. Ama cinema, aprender idiomas e conhecer novas estratégias de comunicação. Quer ajudar a Vitta a mudar a saúde do Brasil! #somostodosvitta

6 Comments

  • Paulo Nogueira
    4 de outubro

    Sou clínico geral e há anos procuro contratar um sistema de gestão, mas sempre acho todos muito caros. Existe uma opção boa e com um preço acessível?

    • Rafael Américo
      4 de outubro

      Olá, Paulo! Os valores variam muito com base no número de médicos que atuam em sua clínica. De toda forma, veja como um investimento. Você vai gastar determinada quantia de dinheiro na contratação, mas terá esse retorno em pouco tempo, por meio da redução de gastos, como em glosas, por exemplo. O que acha?

  • Andrea Soares
    4 de outubro

    Trabalho há três anos como recepcionista de uma clínica médica e toda minha atividade é manual. Acho que todos os processos daqui seriam melhorados com um sistema de gestão médica. Como posso convencer meus chefes a pensarem em contratar um?

    • Rafael Américo
      4 de outubro

      Olá, Andrea! Realmente, um sistema de gestão para clínicas auxiliaria uma série de processos em sua clínica. Bem, quando fazemos uso de um software do tipo, conseguimos produzir mais em menos tempo e reduzir custos, o que aumenta o faturamento de empreendimentos ao fim do mês. Será que sabendo disso seus chefes não passariam a considerar contratar uma ferramenta?

  • Rick P. Grigio
    4 de outubro

    Vocês poderiam me indicar um bom software?

    • Rafael Américo
      4 de outubro

      Olá, Rick. Uma ótima opção é o ClinicWeb, com mais de dez anos de história e líder no mercado de prontuário eletrônico na nuvem. Você pode conhecer um pouco mais sobre a solução aqui: https://vitta.me/clinicweb/

Deixe o seu comentário